quarta-feira, 12 de julho de 2017

O valor da sinceridade!!!



A sinceridade é uma virtude preciosa. Penso que hoje em dia é uma raridade. Não são muitas as pessoas que a prezam. Reconheço que a sinceridade às vezes fere. Porém, um relacionamento humano não pode estar embasado em mentiras, lisonjas, bajulação. Não penso que devamos sair por aí expressando nosso pensamento de qualquer jeito, ao contrário, devemos ser sábios, dizer de forma correta, porém, com amenidade, compreensão, para ferir menos, na hora certa, no momento certo, se for necessário. Não é possível haver afinidade, cumplicidade entre as partes se ambos não usarem de sinceridade. A sinceridade comprova nossa lisura de caráter. Não devemos usar de engano, hipocrisia ou fingimento; devemos ter probidade na intenção e no falar. É muito triste quando comprovamos a não sinceridade entre os cristãos. Isso é pecado. Sei que temos diferenças de pensamentos, porém, nossos pensamentos estão debaixo do sacrifício de Cristo por nós. Nosso coração deve ser puro para com nossos semelhantes. Devemos amar, respeitar, sinceramente, a todos. Caminhar em sinceridade é garantia de paz no coração, de bem estar. Dormimos e vivemos tranquilos, quando não mentimos, quando somos francos. Sei que muitas pessoas são grosseiras no uso de sua franqueza. Isto deve ser banido da nossa comunicação, toda ela deve ser feita com domínio próprio, brandura e amor. O escritor sábio diz: “A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.” (Provérbios 15.1). A nossa palavra sincera deve ser sempre branda, agradável como um doce. Sei que às vezes é difícil, mas se pedirmos, o Espírito Santo ajuda. A doçura deve estar presente em todos os nossos atos, inclusive na nossa sinceridade, em nossos relacionamentos, na nossa comunicação humana. Posso falar uma mesma coisa de forma gentil, de tal modo que não fira, mas ensine, ajude a melhorar. A verdade é que a sinceridade é urgente entre nós. Deus promete bênçãos aos que são sinceros: "Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos. Escudo é para os que caminham na sinceridade"( Provérbios 2. 7). Também, é comum hoje em dia o uso de máscaras, isso é falta de amor próprio e de sinceridade para consigo mesmo. William Shakespeare disse: "Os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são."  A hipocrisia com a falta de sinceridade andam de mãos dadas, lamentavelmente. Com minha alma eu oro para não ser assim entre nós. Clamo ao Espírito Santo para nos ajudar e fazer com que a sinceridade flua como um rio em toda relação humana, para a melhoria da vida. Ajuda Senhor!!!

Texto publicado hoje, 12 de julho de 2017, no Jornal de Assis.
Obrigada, Senhor!!!

Foto: Pesquisa Google.

Sem comentários:

Enviar um comentário