sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Aprendi a ...


A grande vantagem da velhice é o aprendizado. Não gostamos nada da idéia de envelhecer, mas queremos muito a sabedoria, o conhecimento. E isto só vem com o passar dos anos, com nossa experiência de vida. Fiz terapia com Rubem Alves, em Campinas, SP. Um sábio idoso. Posso não concordar com muito de seus pensamentos teológicos, porém sou grata a ele por sua sabedoria, conhecimento e visão, repartidos comigo, para o enfrentamento da dor advinda da tragédia. É tão maravilhoso quando um jovem vem conversar conosco e está tão embaralhado com questões pessoais e aí com um pouco da nossa experiência podemos ajudá-lo a enxergar melhor o seu contexto existencial. Somos na verdade eternos aprendizes, contudo, com algum tempo de vida já aprendemos alguma coisa que valha ser repartida para que os nossos erros cometidos não sejam também cometidos por aqueles que querem de nós uma opinião. O apóstolo Paulo escrevendo aos filipenses, por ele amados, disse que aprendeu a viver contente em toda e qualquer situação. O jovem Paulo não sabia viver contente em toda situação, com certeza, porém o idoso Paulo sim. Ele aprendeu, quer dizer, viveu para aprender, obviamente com o auxílio do Espírito Santo, o que acontece conosco também. Tecendo estas poucas considerações, penso, que vale a pena envelhecer, vale muito a pena aprender para ensinar. Seremos sempre ensináveis educadores, caso o queiramos ser. Eu quero!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário