quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Um coração agradecido!!!

A gratidão é um sentimento que brota do coração de quem reconhece que foi objeto de amor, cuidado, honra, zelo, e demais atos de outro, Deus, familiares, amigos, achegados ou não. Este sentimento  capacita-nos a ver a vida melhor. O apóstolo Paulo reconhecia todo o bem que recebeu dos crentes da igreja de Filipos, por isso dava graças a Deus todas as vezes que se lembrava deles. Um dia lhes escreveu dizendo: "Dou graças ao meu Deus todas as vezes que me lembro de vós." (Filipenses 1.3). O apóstolo também tinha igrejas das quais poderia reclamar, pois tinham feito mal a ele, de alguma forma e medida. Mas ele não ficou lamentando pelas que não o ajudaram, não retribuiram pelo seu trabalho desgastante, ficou agradecido pela que ajudou, cooperou. Temos a tendência de lamentarmos o que não temos e reclamarmos de Deus e de outrem pelo que não concedeu-nos. Há um hino evangélico  maravilhoso chamado Conta as Bençãos. Este hino fala muito ao meu coração, diz para lembrarmos as muitas bençãos, e dizê-las quantas são, assim veremos supresos, quantas elas são. As benção são muito maiores do que as nossas necessidades. Nossas necessidades se tornam mínimas perto delas. Veja, devemos ser gratos a Deus e às pessoas. Somos objetos de cuidado de Deus e de muitos todos os dias. Um coração agradecido é um coração feliz. Sabe que a atenção, cuidado de Deus e de outros esteve disponível à sua pessoa por muito tempo. Paulo dava graças a Deus pelo que as pessoas da Igreja de Filipos fazia por ele. Mas, Paulo também era agradecido a eles, aos filipenses e demonstrou isso claramente, falando, retribuindo. Nos esquecemos muitas vezes do bem que recebemos e raramente expressamos nossa gratidão. Devemos prestar mais atenção a isso. Devemos ter um coração agradecido à Deus, às pessoas, à vida. Expressar a nossa gratidão por palavras e gestos carinhosos melhora nossa convivência humana. Isso é bom. Melhora nossa vida e a nossa sociedade. O escritor Max Lucado nos ensina: "Gratidão é conscientizar-se mais daquilo que se tem do que daquilo que não se tem." Por tudo vamos dar graças ao Eterno, hoje e sempre. Obrigada, Senhor!!!

Texto publicado dia 04.02.2015 no Jornal de Assis.
Obrigada, Senhor!

Sem comentários:

Enviar um comentário