quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

A comunicação é uma dádiva!!!

"Estava Jesus expelindo um demônio que era mudo. E aconteceu que, ao sair o demônio, o mudo passou a falar." Lucas 11. 14


Comunicar-se por meio da linguagem oral é uma grande bênção. É o ouvir e o falar que se complementam caracterizando a comunicação efetiva. Passei a refletir sobre esse ato ao ouvir uma ministração da pastora Railda Marinho, baseada no livro de Lucas, capítulo 11, versículo 14: ...Estava Jesus expelindo um demônio que era mudo. E aconteceu que, ao sair o demônio, o mudo passou a falar... (Bíblia Sagrada). Parece tão óbvio, mas descobri que preciso melhorar muito minha comunicação, e que em algumas situações sou péssima comunicadora, embora, em muitas situações seja ótima ouvinte. Mas apenas ouço. Formulo minhas opiniões, idéias e colaborações para que aconteça o diálogo, mas me calo. Por timidez ou receio de que minhas idéias provoquem atrito. É claro que não é sempre assim. Mas, se existe a possibilidade, quero melhorar. Concluí que, se ouço bem, preciso falar bem. É minha obrigação como ouvinte e participante do ato da comunicação. Meu interlocutor precisa ouvir minhas palavras. Mesmo em situações em que participem vários ouvintes. Se existe a oportunidade não posso me calar. Se o ato comunicativo envolve no mínimo dois interlocutores, esses devem inter-relacionar-se. É preciso saber ouvir. É preciso saber falar. É preciso ouvir. É preciso falar. Reflita: até quem não ouve tem a capacidade fisiológica da fala, embora não fale por não poder ouvir. Mas aquele que ouve desenvolve a fala naturalmente. É uma troca. Se ouço, devo falar. A comunicação se realiza na conversação dos interlocutores. A fala é uma exclusividade única do ser humano. Tomei consciência da dádiva do Criador. Eu Posso falar. Eu devo falar. Seja para a justiça, seja para o louvor. E nessa última sou mais falha ainda, porque clamo pela justiça em toda e qualquer situação, E nessa última sou mais falha ainda, porque clamo pela justiça em toda e qualquer situação, mas pouco manifesto do louvor e da graça de Deus às pessoas, dependendo do lugar e da ocasião, passando por mal educada, inclusive, para quem não me conhece. Posso fazer os dois, sem qualquer problema. Devo manifestar-me. É mais uma aprendizagem à qual me submeto.

"Porque Dele, e por Ele, e para Ele são todas as coisas." (Rm 11.36)

JECELI APARECIDA FAZIONI SOUSA

2 comentários:

  1. Olá, sou Arione. Seu blog é lindo. Estou seguindo o blog. Segue o meu?
    http://arionetorrres.blogspot.com
    Tchau...

    ResponderEliminar
  2. Prazer Arione, infelizmente não consegui acessar o link para seguir o seu blog. Gostei muito dele também, é muito feminino. Parabéns.

    ResponderEliminar