quinta-feira, 26 de junho de 2014

Quando a vida não sorri pra nós


Tenho um amigo muito crente, que quando choro e lamento as minhas dores e tristezas, ele me repreende e diz: "isso não é espiritual". Talvez ele tenha razão, não sei, não vou discutir isso, é uma questão tão pessoal, e, talvez, jamais chegaríamos a um consenso, a uma verdade. Temos fatos bíblicos, teorias, pensamentos teológicos, filosofias, tão diferentes a respeito do assunto que o tempo que consumiríamos na discussão não valeria a pena e ainda é possível que a conclusão fosse diferenciada uma da outra, ou de outras, com embasamento teórico e existencial para todas. Não vou discutir a questão do choro e do lamento. Vou falar apenas sobre os fatos da vida, especialmente, tendo a minha como pano de fundo. Há dias e dias, tempos e tempos, fases e fases, na nossa história. Há dias de tristeza e dor, tempo de sofrimento, fases difíceis. Alguém pode dizer que não? Quem dera, houvesse uma só pessoa que eu conhecesse e pudesse afirmar sinceramente ter sempre vivido na plenitude da vida, com apenas dias fáceis, não tendo jamais conhecido um dia difícil. Do que tenho visto e aprendido, concluo que viver não é fácil para ninguém, nunca foi e nunca será. É possível que ao olhar para donos de grandes riquezas tenhamos a impressão que a vida lhes seja fácil, isenta de dores e sofrimentos. Ledo engano. Há milionários vegetando nas suas cadeias de ouro, enquanto há pobres felizes, livres, nas suas palhoças, cheios de vigor e vida. Conheci muitos deles na Zâmbia. Devo, porém, deixar claro que não estou defendendo a pobreza, eu a denuncio veementemente, é uma vilania da humanidade com seus sistemas econômicos maléficos. Mas, voltemos ao assunto em pauta. Considerando que há tempo de dor e sofrimento, pelo qual todos passamos, fica a pergunta: o que fazer? Como viver, superar, enfrentar o tempo em que a vida não está sorrindo para nós? A partir da minha experiência, digo que não podemos perder a fé, a esperança e o amor (1 Coríntios 13. 13). A fé, no Deus onipotente, onisciente, onipresente. O Todo Poderoso, que tudo conhece e presente está em todos os lugares, pronto para nos ajudar, carregar no colo, se o buscarmos e crermos. A fé, é a primeira coisa que corremos o risco de perder, no tempo difícil. A pessoa não consegue nem orar. A dor é tão grande, às vezes, que não pode imaginar a possibilidade de socorro onde não vê nenhuma saída. Mas é preciso crer. Sem fé, será sempre pior. Ouvi contar a história de uma senhora que sofrendo foi falar com seu pastor. Ele lhe orientou a orar. Ela confessou que a dor era tão grande que não tinha mais forças para orar. Então ele lhe disse para apenas dizer: "misericórdia, Senhor". Assim, ela fez. Diariamente, repetia incontáveis vezes: "misericórdia, Senhor!". Depois de algum tempo, aquela mulher voltou à igreja para contar ao seu pastor que estava forte, pronta para dar continuidade à vida, vencendo suas dificuldades, superando seus problemas. Tenho recomendado isso também. Uma outra coisa que aprendi foi orar o Pai Nosso, incontáveis vezes. Sei que é a oração completa que Jesus ensinou, poderosa, muitas vezes esquecida pelos cristãos, ou lembrada e falada superficialmente. Lamento! A esperança é primordial na fase difícil. Esperança de superação, de novo tempo, de restauração, reconstrução. Saber que tudo passa alimenta a nossa esperança de dias melhores. Fiquei impressionada ao ver, em um programa jornalístico da TV, no pescoço do jogador Neymar uma tatuagem que diz: Tudo Passa. Está tatuada em sua pele uma verdade incontestável: tudo na vida passa. Lembro ainda que ganhar e perder faz parte da nossa história. O amor é o melhor remédio para as nossas dores. Nos faz sair de nós mesmos, alivia a nossa alma, quando o repartimos com outros que sofrem. Gosto de saber que até o grande profeta de Israel, Elias, sofreu e teve vontade de morrer. Um homem cheio do poder de Deus, usado magistralmente pelo Eterno no combate à idolatria de Israel, foi ameaçado de morte pela rainha Jezabel: "Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias, a dizer-lhe: Assim me façam os deuses, e outro tanto, se de certo amanhã a estas horas não puser a tua vida como a de um deles. O que vendo ele, se levantou e, para escapar com vida, se foi, e chegando a Berseba, que é de Judá, deixou ali o seu servo. Ele, porém, foi ao deserto, caminho de um dia, e foi sentar-se debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte, e disse: Já basta, ó Senhor; toma agora a minha vida, pois não sou melhor do que meus pais."   (1Rs 19: 2-4). O grande profeta, ficou deprimido ao ponto de desejar a morte. "Alarmado, ele fugiu para Berseba e foi para o deserto, caminho de um dia e, desanimado, sentou-se debaixo de um zimbro. Enquanto ele dormia, um anjo tocou-lhe e disse-lhe: "Levanta-te e come porque muito comprido te será o caminho". Ele levantou-se e viu à sua cabeceira um pão cozido sobre as brasas e uma botija de água. Tendo comido as provisões que lhe tinham sido, assim tão miraculosamente, trazidas, ele continuou a sua solitária viagem durante 40 dias e 40 noites até Horebe, o monte de Deus, onde se refugiou numa caverna. Aqui lhe apareceu o Senhor, dizendo-lhe: "Que fazes aqui, Elias?" Em resposta às suas desanimadas palavras, Deus dá-lhe a conhecer a Sua glória e ordena-lhe que volte a Damasco e unja Hazael, rei sobre a Síria, Jeú, rei sobre Israel e Eliseu, profeta em seu lugar (1Rs 19:13-21; comparar com 2Rs 8:7-15 e 2Rs 9:1-10)." (http://www.jesusvoltara.com.br/dicionariobiblico/elias.htm). O profeta, sarado de  seu medo e dor, voltou à missão que lhe fora confiada e bem a cumpriu. A história do profeta Elias nos mostra claramente a fase difícil pela qual ele passou e todos nós somos passíveis, contudo, nos mostra claramente a presença de Deus em todo o tempo, sustentando, fortalecendo, animando, e muito mais. Assim é com aquele que crê. Não importam os porquês das nossas dores e sofrimentos, o importante é que Deus está conosco, sempre. Oro para jamais perdermos a fé, a esperança e o amor. Ajuda, Jesus.

Texto publicando, ontem, 26.06.2014, no Jornal de Assis.
Obrigada, Jesus!

sexta-feira, 20 de junho de 2014

A cura pela mão estendida

"Afaste do coração a ansiedade e acabe com o sofrimento do seu corpo." Eclesiastes 11:10a


Ansiedade e depressão andam de mãos dadas e precisamos usar todos os recursos humanos e espirituais para não sermos vencidos por elas. Sair de nós mesmos, estender nossas mãos aos que precisam de nós, é um bom remédio. Ajuda, Senhor! 


"Não estás deprimido, Estás distraído. Distraído em relação à vida que te preenche, distraído em relação à vida que te rodeia. Não estás deprimido, estás desocupado. Ajuda a criança que precisa de ti. Essa criança que será sócia do teu filho. Ajuda os velhos e os jovens te ajudarão quando for tua vez." Facundo Cabral.

Foto: Pesquisa Google.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Levanta e anda

"A ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa." Marcos 2:11.


Ontem (18.06.2014), no nosso Culto de Oração, na Metodista Assis, o irmão Joanes fez a leitura e meditação do capítulo 2, versículos de 01 a 11. Conta a história de um um paralítico que foi curado por Jesus em Cafarnaum. Foi uma palavra revelada para a Igreja. O paralítico que Jesus perdoou os pecados e curou foi levado por quatro amigos. Jesus viu a fé deles. Assim é quando nós apresentamos alguém em oração a Ele, hoje em dia. Ele vê e honra a nossa fé. Neste momento, oramos por todos os irmãos. Levamos em oração todos a Jesus nesta hora. Pedimos que faça com eles o mesmo que fez com o paralítico. Que cada vida seja salva, curada, liberta, socorrida pelo Senhor. Ajuda, Jesus.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

A força de uma foto

Alexandre, Vânia, Eliana, Valmir e Eu (da esquerda para a direita)


Temos o costume de publicar no Face apenas as fotos que nos pareçam boas, que estamos bem. Penso que temos razão em fazer assim. O feio deve ficar conosco, o belo pode ser compartilhado. Neste final de semana (14 e 15/junho/2014), estiveram em casa pessoas muito queridas. A Vânia pediu para o seu esposo, Alexandre, tirar uma fota nossa, para isso tivemos que ficar muito juntos. O resultado foi para mim revelador. Revelou a beleza da comunhão. Por isso, louvo ao Eterno. Obrigada, Jesus.

sábado, 14 de junho de 2014

Mãos de fada

"Louvarei o nome de Deus com um cântico, e engrandecê-lo-ei com ação de graças." Salmos 69:30.

Arranjo da Roseli na copa.

Fico muito feliz todas as vezes que a Roseli vêm à minha casa. Ela tem mãos de fada. Faz uma comida deliciosa e arranjos de flores lindos. Agradeço a Deus por esta vida tão preciosa. Obrigada, Jesus.


Arranjo da Roseli na sala
Arranjo da Roseli na sala





A beleza das flores enfeita a vida. Agradeço ao Criador.  









Obrigada, Senhor!





Arranjo da Roseli na copa.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Na alegria do Senhor!!!


A vida não é fácil. Quase todos os dias temos que enfrentar várias dificuldades, algumas pequenas e simples, outras grandes e complexas. São gigantes que precisam ser enfrentados, sem medo, com confiança, como Davi enfrentou o Golias (1 Samuel 17). O profeta Neemias escreveu: "não vos entristeçais; porque a alegria do SENHOR é a vossa força" (Neemias 8. 10). O Eterno nos ajuda, ensina, capacita, dá estratégias para irmos lutando e vencendo. O pastor Smith Wigglesworth disse: “Como podemos ter uma grande fé? Grande fé advém de grandes batalhas. Grandes testemunhos são o resultado de grandes provas. Grandes triunfos só podem vir de grandes sofrimentos.” O misto de tristeza e alegria, momentos difíceis, com muita luta faz parte da dinâmica da vida. Nos momentos difíceis sofremos e choramos, mas depois vem a alegria. A beleza do arco-íris só pode ser contemplada após a chuva fria. Depois da tempestade vem a bonança, diz a sabedoria popular. A rainha Ester e o povo de Israel experimentou isso: "o mês que se lhes mudou de tristeza em alegria, e de luto em dia de festa, para que os fizessem dias de banquetes e de alegria, e de mandarem presentes ..." (Ester 9:22). Kallil Gibran afirma: "Aquele que nunca viu a tristeza, nunca reconhecerá a alegria." Como podemos celebrar os momentos felizes da vida se não sabemos o que é a tristeza? Como podemos receber com alegria a palavra de vitória se não enfrentamos nenhuma luta? É infantilidade não querer passar por dificuldades e problemas. Os problemas existem para serem resolvidos, não para tirarem nossa alegria, nossa paz. Na hora da luta buscamos auxílio em Deus. O seu poder se aperfeiçoa em nossa fraqueza, quando somos fracos é que somos fortes, como disse o apóstolo Paulo na sua segunda carta aos Coríntios, capítulo 12, versículos 09 e 10. Também ensinou: "em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor." (Rm 8 37-39). Com Cristo vencemos as batalhas. Tudo passa. Por isso devemos ter sempre em mente viver o melhor possível o nosso presente. Sócrates falou: "A alegria da alma constitui os belos dias da vida, seja qual for a época." Assim, vamos vivendo, de fé em fé, com esperança e amor, experimentando a alegria de Deus em nossos corações. Oro para o Senhor nos ajudar a viver cada momento, confiando e esperando N'Ele. Ajuda, Senhor!!!

Texto publicando, ontem, 11.06.2014, no Jornal de Assis.
Obrigada, Jesus!

terça-feira, 10 de junho de 2014

Em Deus está a força

"Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente." 1 Crônicas 16.11.


Cada momento da nossa vida deve ser vivido na presença do Senhor. Dele vem a nossa força. Na comunhão com o Pai está o segredo para bem viver. Sem Deus nada somos, nada podemos. Oro para o Espírito Santo nos dar sabedoria, discernimento, coragem e graça sempre. Ajuda, Jesus.

Foto: Pesquisa Google.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Um bom remédio

"Portanto, ofereçamos sempre por ele a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome." Hebreus 13:15


A música é um bom remédio para a alma, ainda mais quando glorifica o Eterno. Georg Friedrich Händel soube expressar perfeitamente pela música o louvor e adoração ao Pai. Por tão grande beleza dou graças ao Pai. Obrigada, Jesus.

Maravilhosa graça

"Para louvor da glória de sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado." Efésios 1.6.



Palavras são insuficientes para expressar a grandeza da graça de Deus, porém, este hino nos faz vibrar quando o ouvimos e nos aproxima um pouco da visão da bondade do Eterno. Obrigada, Jesus.

Aqui Jesus reina!?

"O Senhor reinará eterna e perpetuamente." Êxodo 15:18


Indo de ônibus para Botucatu no domingo, 18.05.2014, entramos na cidade de Agudos. Havia na entrada da cidade uma torre onde estava escrito: Aqui Jesus reina. Em alguns outros lugares estava escrita esta declaração também. Fiquei a me perguntar: Será que Jesus de fato reina em Agudos? O que acontece em um lugar onde Jesus reina? Com certeza não haverá brigas, desentendimentos, frustrações, roubos, assassinatos, etc. Será um lugar muito próximo do céu. Acho sinceramente difícil encontrar um lugar assim na terra. Admiro a coragem do povo de Agudos de fazer esta declaração pública. Com o meu coração eu oro para que não seja uma declaração solta ao vento, mas seja a declaração de uma verdade constatada em cada casa, lugar, praça de Agudos. Tomara fosse esta uma verdade em todas as cidades do Brasil e do mundo. Quem dera fosse uma verdade em nossas próprias vidas. Onde Jesus reina o mal não prospera, a alegria prevalece, a justiça vence, o amor prolifera, a paz domina. Ah! Quem dera Jesus reinasse de fato e de verdade em nossas vidas e cidades. Quando oramos o Pai Nosso pedimos que isso aconteça quando falamos: Venha o Teu reino, ... Seja feita a tua vontade. Queremos que Jesus reine, mas queremos pagar o preço que isso exige? Queremos amar como Jesus amou, perdoar como Jesus perdoou, viver como ele viveu? Acho meio difícil isso, mas nada que seja impossível com o Espírito Santo nos ajudando. Precisamos querer. Que o Espírito Santo nos ajude a querer o reinado do Senhor em nossas vidas, cidades, país e mundo e que sejamos capazes de pagar o alto preço. Ajuda, Senhor! 

Texto publicado no Boletim da IMA (Igreja Metodista em Assis), dia 08.06.2014
Obrigada, Jesus!

Foto: Pesquisa Google.

O silêncio como resposta

"Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor." Lamentações 3:26.




Inúmeras vezes o silêncio é nossa maior arma de guerra. Tenho aprendido muito com isso. Às vezes, fico sabendo de pessoas que são contra meu modo de ser, pensar e estar. Os comentários que fazem às minhas costas normalmente chegam até mim; lamento a hipocrisia, não o fato. Algumas pessoas mais achegadas, inclusive familiares, gostariam muito que eu tomasse alguma providência, enfrentasse, fizesse a minha defesa. Não vou gastar meu tempo tão precioso. Tenho tantas outras coisas para fazer que não vai valer a pena, ademais, se não gostam de mim não tem problema algum. São livres para isso. Não quero ser unanimidade, não pretendo isso. Quando se é mais jovem é o que desejamos, mas quando amadurecemos percebemos que é bobagem, é correr atrás do vento. Ouvi dizer que 50% de quem nos conhece gosta de nós pelo que nós somos e os outros 50% não gostam pelo mesmo motivo. Ora, então não me resta outra alternativa além ser eu mesma. Preciso, unicamente, ser autêntica, para viver bem, harmoniosamente, com 50% das pessoas que estão no meu caminho. Não preciso de mais. Este tanto está de bom tamanho, me é mais que suficiente. Que bom! Dou graças a Deus pelas pessoas que me amam, apesar de mim. Obrigada, Jesus!

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Graça e beleza da criação

"Sê exaltado, ó Deus, sobre os céus; seja a tua glória sobre toda a terra." Salmos 57.5.









Quando contemplamos a beleza da natureza não podemos deixar de crer no Criador. Suas mãos geraram beleza e graça na criação.







A vida é envolvente pela beleza e cor das flores.




Obrigada, Senhor!

quarta-feira, 4 de junho de 2014

O que é suficiente!?


As pessoas estão sempre buscando coisas para melhorar a vida. Não há nada errado nisso. O problema é quando ficamos insatisfeitos com o que temos, não valorizando o que já nos foi dado. Estamos tão preocupados com o que vamos conseguir para o futuro que não curtimos o que já temos e perdemos de vista o presente. O passado já aconteceu, o futuro ainda não chegou, devemos viver o hoje com o máximo de atenção possível, não deixando de lado nenhum detalhe, nenhuma pequena coisa e nenhum simples gesto. As pequenas coisas, os gestos simples, o necessário para o sustento, para o o vestuário, são suficientes. O mais suficiente ainda é que podemos amar uns aos outros. Nada tem mais sentido e valor na vida do que o amor. Já disse isso inúmeras vezes, não vou cansar de repetir. Quero sempre que me for possível, trazer à luz uma grande verdade que não pode ser rebatida: o amor é melhor. Amar, vale a pena. O importante é amarmos, é mostrarmos o nosso amor, não ficarmos preocupados apenas com nós mesmos, precisamos ir além, sairmos do nosso mundo, entrarmos no mundo do outro, para servir, para ajudar da melhor maneira que nos for possível. Quando gastamos nosso tempo só para adquirirmos bens para nosso interesse, fugimos da natureza de doadores, solidários, como Deus nos criou para sermos. A vida clama por solidariedade, compaixão, bondade, comunhão e amor; ela nunca foi fácil e nunca será para ninguém, porém, com a companhia amorosa de familiares e amigos, vamos vencendo nossas lutas, rompendo barreiras, superando desafios, atravessando montanhas de dificuldades. A cada dia podemos acrescentar pessoas ao nosso rol de amigos e companheiros de jornada. Ninguém pode existir solitário, desacompanhado, abandonado. Deus não nos criou para a solidão, mas para a comunhão. Não fomos feitos para o individualismo, mas para a mutualidade. O  indivíduo existe na sua individualidade, mas só terá razão de ser na totalidade, no compartilhar da vida. Assim formamos a sociedade humana. Um ser permanentemente solitário não vale a pena existir. É certo, contudo, que a companhia do outro exige um desembainhar-se do egoísmo, da altivez, do individualismo, não da individualidade. Jamais deixaremos de ser um indivíduo com nossas características próprias, nosso jeito de ser, mas formaremos parcerias, cresceremos juntos. Só temos a ganhar quando amamos, só perdemos quando corremos do amor e deixamos de compartilhar. Poderia citar inúmeros textos bíblicos e filosóficos para a minha afirmação, porém, citarei apenas um dos que gosto mais: "Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão." (Provérbios 17:17). Viver em companhia e amor como Deus quer é às vezes remar contra a maré do nosso século, mas precisamos fazer isso, sem cessar e não desanimar. Que o Espírito Santo nos ajude a irmos ao encontro do outro, em amor e paz. Ajuda, Senhor!!!

Texto publicado hoje, 04.06.2014, no Jornal de Assis.
Obrigada, Senhor!

terça-feira, 3 de junho de 2014

Multiplicidade de cores e formas

"Louvor, e glória, e sabedoria, e ação de graças, e honra, e poder, e força ao nosso Deus, para todo o sempre. Amém." Apocalipse 7:12

Foto tirada por mim de um vaso em casa


Na multiplicidade de cores e formas contemplamos a beleza da natureza. Ao Eterno louvamos pela maravilha da criação. Obrigada, Senhor!
"Desde o nascimento do sol até ao ocaso, seja louvado o nome do Senhor." Salmos 113.3. 

Foto tirada por mim de um vaso de minha casa.

A beleza da natureza nos revela o caráter do Eterno. Na criação ele usou de inteligência, sensibilidade, bom gosto, e muito mais. Tudo que dissermos da criação e do Criador será pouco. Palavras não bastam para tanto. A Ele a nossa adoração e louvor. Obrigada, Senhor!